Curiosidades

“O Fruto Proibido”


As maçãs vermelhas possuem maior teor de vitaminas e minerais, quando comparadas com as verdes. A maçã é uma boa fonte de vitamina C, o que significa que reforça o sistema imunológico, ajuda a cicatrização, combate o envelhecimento, entre outros benefícios. A pectina é uma fibra solúvel que combate o colesterol. Há estudos que demonstram que duas maçãs por dia ajudam a reduzir os níveis de colesterol no sangue até 10%. Por outro lado, a pectina ajuda o organismo a eliminar metais nocivos, como o chumbo e o mercúrio. A maçã também limpa os dentes, fortalece as gengivas e os seus ácidos ajudam a fazer a digestão de alimentos gordos.
No tempo dos Romanos era usada para tratar sintomas de palpitações e melancolia.
Tem propriedades altamente terapêuticas e nutritivas, é um dos tesouros da alimentação racional. É um fruto depurativo e desintoxicante e é especialmente indicado para a diabetes, obesidade, acidez, diarréias, convalescências e favorece as secreções do aparelho digestivo.
Este pomo equilibra o ácido úrico, impedindo a formação de cálculos. Estudos clínicos recentes afirmam que o consumo de maçãs é fundamental para uma alimentação saudável pois contêm uma grande quantidade de flavonóides, que são conhecidos pelas suas fortes capacidades antioxidantes e que atuam eliminando os efeitos do mau colesterol. Daí o seu consumo ser benéfico para a saúde do coração. Além disso, as maçãs ajudam as células do organismo a manterem-se jovens, diminuem o risco de contrair diversas formas de cancro e melhoram a função digestiva e respiratória. Em resumo, proporcionam um conjunto de nutrientes fundamentais ao equilíbrio do nosso organismo e dão energia ao corpo e à mente.
Além de saboreá-las “in natura”, que tal experimentá-las em algumas receitas?

NÃO PERCA!
Inscrever-se para Newsletter

Receba as melhores notícias sobre culinária, dicas e muito mais!

Invalid email address
De uma chance. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.