Curiosidades

RECEITAS PARA O VERÃO


Quando as temperaturas sobem dá até preguiça de cozinhar
Afinal, eu sei bem como é isso, chega na hora de comer e estamos com tanto calor que não conseguimos pensar em nada.
A única coisa que a gente tem certeza nessa época é tomar água, água e mais água, sucos e demais líquidos para hidratar e simultaneamente matar a nossa sede.
Em primeiro lugar, isso é muito importante, mesmo! Fundamental!
Água, água de coco e sucos naturais de frutas para hidratar.
Naturalmente caso compre água mineral, leia o rótulo para ver a quantidade de sódio.
Falando em ler rótulos a dica é: leia sempre!
Em suma, seja consciente do que você está ingerindo.
Cervejas, drinks e vinhos gelados também são muito bons para refrescar.
Só precisamos lembrar que álcool desidrata, então beber água junto é dica básica.
Receitas de Verão com vegetais
Como montar uma salada
Mas não pense que as receitas de saladas precisam ser sem graça, um amontoado de folhas difícil de digerir.
As saladas podem ser incrementadas com legumes, frutas, queijos, castanhas, grãos, carnes, peixes e tudo mais que sua imaginação permitir.
E não tem problema nenhum se você acrescentar uma bela fatia de pão de fermentação natural, torrada ou tapioca.
Precisamos parar com essa ideia que salada é coisa de regime. Não!
Salada é algo muito bom, saboroso e nutritivo, que deve ser acrescentado na nossa alimentação de forma natural.
Comecei pelas saladas exatamente por essa característica principal, o frescor.
Afinal, é isso que estamos procurando nos dias quentes.
No caso de utilizar carnes de frango, boi ou peixes, opte por filés que podem ser grelhados com um fio de azeite e pouco tempo de cozimento.
Legumes crus são uma maravilha, mas se você preferir mais cozidos a dica é cortá-los em pequenas fatias para passar na frigideira com um fio de azeite para dar uma leve tostada.
Por outro lado, frutas trazem a doçura de seus sabores e mais frescor nas nossas receitas para o verão.
Quanto aos grãos, uma dica prática e rápida é o couscous marroquino, sêmola de trigo.
Fácil de encontrar no mercado. Hidrata rapidamente e não tem como errar o ponto.
Enfim, grãos diferentes é que não faltam: quinoa, grão de bico, cevada, lentilha, etc.
Onde servir?
Se é preciso ânimo para comer e a gente come primeiro com os olhos.
Então a dica é caprichar na apresentação.
Em primeiro lugar, quando você mistura diversos ingredientes coloridos de formatos diferentes o prato já fica bonito.
Mais uma dica é servir em bowls (pequenas tigelas). Não em pratos.
Fica melhor para arrumar a salada, espalhar o molho.
E, igualmente, mais interessante para comer com os olhos.
Ou seja, aposte em bowls de cerâmica diferentes.
Prefira aqueles criados por artistas plásticos.
Além de serem mais bonitos, você está incentivando a produção artesanal.
Quer dizer, valorizar a produção artesanal é apoiar a criatividade, a diversidade e o trabalho familiar.
Além de tudo eles são fáceis de guardar, empilhando um no outro.
E, da mesma forma, no inverno poderá utilizá-los para servir sopas!
Azeites
Antes de mais nada #ficaadica : utilize azeites! Tenha vários em casa.
São saborosos e fazem bem para a saúde.
Ao mesmo tempo, trazem um toque todo especial para os pratos.
A dica aqui é: conheça os azeites brasileiros!
Temos ótimos exemplares dos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul.
Há, inclusive, um Guia de Azeites do Brasil – editado pelo especialista Sandro Marques.
Claro que muitas dessas receitas de verão são, na verdade, uma sugestão para misturar ingredientes.

NÃO PERCA!
Inscrever-se para Newsletter

Receba as melhores notícias sobre culinária, dicas e muito mais!

Invalid email address
De uma chance. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.