Tag

gostinho

Pescados

Churrascos : Namorado e camarões Defumados

Churrascos : Namorado e camarões Defumados
(6 porções)
Ingredientes:

1 k de filé de namorado
12 camarões rosa – 21 – limpos
60 g de sal fino
30 g de açúcar refinado
1 colher de chá de cravo em pó
1 colher de chá de louro em pó
1 colher de chá de cebola em pó
1 colher de chá de pimenta da Jamaica em pó
Preparo:
Misture o sal, o açúcar, as especiarias e cubra os pescados. Deixe curar por 15 min.
Retire a cura, lave os pescados sob água fria e deixe-os secarem descobertos sob refrigeração. Proceda então, a defumação.
Defumação:
Ingredientes:

300 g de arroz longo
50 g de açúcar refinado
50 g de gengibre em pó ou fresco ralado
1 colher de chá de canela em pau
1 colher de chá de anis estrelado
1 colher de chá de sementes de erva-doce
1 colher de chá de estragão seco
Preparo:
Aqueça uma panela e torre o açúcar, o arroz e as especiarias até começar a subir uma fumaça branca e espessa
Coloque imediatamente a grelha na panela e disponha os filés já temperados sobre ela
Tampe e defume em fogo baixo por 3 a 5 min.
Retire os pescados e descarte a mistura da defumação.
Sirva com os acompanhamentos de sua preferência.
Acompanhamentos Sugeridos:
Ovos cozidos
Pão de forma preto
Mostarda escura
Dill fresco
Salsinha picada
Cebola picadinha
Pepino Caipira
Creme de leite fresco batido
Limão

Post Relacionado
inspirações

Preparativos para as festas de Final de Ano

Preparativos para as festas de Final de Ano
Quando as festas de final de ano se aproximam e começam os preparativos para as celebrações, as pessoas procuram por pratos especiais que evoquem a infância, as origens e até mesmo seu lado místico. Especialmente nessa época, o esmero na apresentação dos pratos é muito importante. Uma mesa bem posta demonstra carinho e atenção com os convidados.
Dicas e Sugestões:

  • O convite para participar da noite de Natal ou Reveillon, pode ser feito por telefone e antecipadamente. Aos solteiros, é simpático abrir a possibilidade de levarem uma companhia, que deve ser confirmada.
  • Presentes, vão para debaixo da árvore para serem abertos tosos juntos. É de bom tom, levar uma lembrancinha para os anfitriões e as crianças.
  • Planeje com antecedência todo o cardápio.
  • O jantar americano é adequado para essas datas, mas não deixe de reservar um cantinho para os mais idosos sentarem-se à mesa.
  • Para facilitar o serviço, siga a ordem de uso: talheres, pratos e por fim os guardanapos.
  • Separe os pratos salgados das sobremesas, assim, evitam-se atropelos.
  • Prepare um cantinho separado para os copos, baldes de gelo e bebidas.
  • As bebidas devem estar geladas, coloque-as com antecedência no refrigerador.
  • No Natal, para arranjos em tons de vermelho, escolha rosas, bicos de papagaio e frutas como as cerejas, lichias, ameixas e morangos; a harmonização de cores entre frutas e flores é fundamental.
  • Decore a mesa com emoção, pois, o correto e o formal, nem sempre transmitem a alegria e a mensagem que se quer dar à ocasião.
Post Relacionado
Churrascos : Namorado e camarões Defumados
22/01/2020
NATAL
21/12/2019
Bolo Bola de Natal
05/12/2019
Curiosidades

NATAL

NATAL
(Fonte:Wikipédia)

O Natal é uma das festas mais importantes do cristianismo, junto com a Páscoa e o Pentecostes.
A festa é celebrada no dia 25 de Dezembro pela Igreja Católica Romana, pela Igreja Anglicana e por alguns grupos protestantes e no dia 7 de Janeiro pela Igreja Ortodoxa.
Origem do termo
Do latim ‘natális’, derivada do verbo ‘nascor, nascéris, significando nascer, ser posto no mundo. Como adjetivo, significa também o local onde ocorreu o nascimento de alguém ou de alguma coisa. Como festa religiosa, o Natal, comemorado no dia 25 de dezembro desde o Século IV pela Igreja ocidental e desde o século V pela Igreja oriental, celebra o nascimento de Jesus.
De “natális” deriva também “natureza”, o somatório das forças ativas em todo o universo.
Aspectos históricos
No ano 245 d.C., o teólogo Orígenes repudiava a idéia de se festejar o nascimento de Jesus “como se fosse um Faraó”. Há inúmeros testemunhos de como os primeiros cristãos valorizavam cada momento da vida de Jesus Cristo, especialmente sua Paixão e Morte na Cruz. No entanto, não era costume na época comemorar o aniversário e, portanto não sabiam que dia havia nascido o seu Senhor. Os primeiros testemunhos indicam datas muito variadas, e o testemunho direto que afirma que Jesus Cristo nasceu no dia 25 de Dezembro é de Sexto Júlio Africano, no ano 221. De acordo com o almanaque romano, a festa já era celebrada em Roma no ano 336 d.C.. Na parte Oriental do Império Romano, comemorava-se em 7 de janeiro o seu nascimento, ocasião do seu batismo, em virtude da não-aceitação do Calendário Gregoriano. No século IV, as igrejas ocidentais passaram a adotar o dia 25 de dezembro para o Natal e o dia 6 de janeiro para Epifania (que significa “manifestação”). Nesse dia comemora-se a visita dos Magos. A celebração do Natal de Jesus foi instituída oficialmente pelo Papa Libério, no ano 354 d.C. A Igreja entendeu que devia cristianizar as festividades pagãs celebradas pó vários povos no solstício de Inverno. Portanto, segundo certos eruditos, o dia 25 de dezembro foi adotado para que a data coincidisse com a festividade romana dedicada ao “nascimento do deus sol invencível”, que comemorava o solstício do Inverno. No mundo romano, a Saturnália, festividade em honra ao deus Saturno, era comemorada de 17 a 22 de dezembro; era um período de alegria e troca de presentes. O dia 25 de dezembro era tido também como o do nascimento do misterioso deus persa Mitra, o Sol da Virtude. Assim, em vez de proibir as festividades pagãs, forneceu-lhes um novo significado, e uma linguagem cristã. As alusões dos padres da igreja ao simbolismo de Cristo como “o sol de justiça” (Malaquias 4:2) e a “luz do mundo” (João 8:12) revelam a fé da Igreja n’Aquele que é Deus feito homem para nossa salvação.

Post Relacionado
CHURRASCOS
22/01/2020
Churrascos : Namorado e camarões Defumados
22/01/2020
Vegetais Variados na Grelha
22/01/2020
Pães , Tortas e bolos

Bolo Bola de Natal

Bolo Bola de Natal
Ingredientes:

30g de gengibre em pó
500g de melado
125g de manteiga sem sal
60g de açúcar mascavo
30g de casca de laranja cristalizada
2 ovos batidos
500g de farinha de trigo
1 colher de café de bicarbonato
200 ml de leite
Forma de meia-bola ou da embalagem do queijo bola
Para o Marzipã:
1 clara
250g de amêndoas sem pele
250g de glaçúcar
5 gotas de essência de amêndoas
Anilinas comestíveis coloridas
Preparo:
Bolo

Coloque o melado, a manteiga e o açúcar numa panela e leve ao fogo baixo até dissolverem por completo. À parte misture os ovos com a laranja. Coloque a farinha, o gengibre e o bicarbonato numa vasilha e acrescente aos poucos a mistura de ovos alternando com a de melado; por último junte o leite para obter uma massa líquida. Despeje a massa nas duas formas untadas e asse em forno pré-aquecido a 180° por 45 min. Desenforme e deixe esfriar sobre uma grelha.
Marzipã
Bata no liquidificador as amêndoas com o glaçúcar, a clara e a essência de amêndoas; caso fique muito consistente, acrescente outra clara. Divida a massa em 3 partes, tinja com anilina verde, a outra parte com vermelha e deixe a terceira natural. Abra a massa branca sobre um mármore polvilhado, corte um círculo e deixe as pontas sinuosas. Coloque sobre o bolo; abra a massa verde e faça folhinhas e com a vermelha, as bolinhas; aplique.

Post Relacionado
Pães , Tortas e bolos

Bolo Bola de Neve

Bolo Bola de Neve
Massa:

250g de mel líquido aquecido em banho-maria
3 ovos grandes ou 4 médios
175g de farinha de trigo
1 colher de café de fermento em pó
Formas de ½ bola
Glacê
1 clara
Açúcar de confeiteiro
Gotas de limão
Preparo:
Massa

Bata o mel ainda quente até ficar espumoso e vá juntando os ovos, a farinha e o fermento. Asse em forno preaquecido a 190° por 20 min. Desenforme e conserve em lata hermeticamente fechada por alguns dias antes de servir.
Glacê
Prepare batendo as claras em neve e acrescente o açúcar aos poucos até o ponto de suspiro mole, junte o limão ao bater. Cubra o bolo e com o auxílio de uma colher, levante picos do glacê.

Post Relacionado
Doces e Sobremesas

Arroz Doce Com Arbóreo

Arroz Doce Com Arbóreo
Ingredientes:
½ xicara de arroz arbóreo
2 x de água
1 ½ l de leite
1 ½ x de açúcar
4 gemas peneiradas
1 pau de canela
Casca de 1 limão pequeno
Canela em pó
Preparo:
Coloque o arroz em uma panela com a água e leve ao fogo para que cozinhe até que o arroz seque. Descasque o limão tomando cuidado para não chegar à parte branca que pode amargar o doce. Acrescente á panela o leite, a casca de limão, o pau de canela e o açúcar misturando tudo muito bem. Deixe cozinhar até que o arroz adquira um ponto cremoso, atente para que não seque, deve ter a consistência de um mingau molinho, para isso, mexa constantemente durante cerca de 35 min. Bata levemente as gemas numa tigela e junte um pouco do arroz quente (temperagem), misture bem e coloque tudo na panela, mexendo por mais 3 min. despeje num recipiente ou em taças individuais, deixe esfriar e leve à geladeira até a hora de servir.

Post Relacionado
Arroz e Grãos

Arroz com Lentilha

Arroz com Lentilha
Comer lentilha é tradição no Ano Novo, mas esse prato é tão gostoso que vale ser experimentado em qualquer época do ano!
Preparo: acima de 45 minutos
Rendimento: 8
Ingredientes:
4 colheres (sopa) de azeite
1 linguiça portuguesa em rodelas finas
2 dentes de alho bem picados
2 xícaras (chá) de ervilha torta
1 1/2 xícara (chá) de lentilha cozida
4 xícaras (chá) de arroz cozido
Sal e pimenta a gosto
Cebolas:
2 colheres (chá) de azeite
1 colher (sopa) de manteiga
2 cebolas em fatias separadas em anéis
Preparo:
Aqueça o azeite e frite a linguiça, mexendo até dourar levemente. Adicione o alho e deixe dourar. Acrescente a ervilha partida em três pedaços e mexa, até que fique macia, porém firme. Junte a lentilha e o arroz. Misture bem e tempere a gosto com sal e pimenta. Reserve quente sobre uma panela com água fervente.
Cebolas: Aqueça o azeite e a manteiga e junte a cebola, mexendo até dourar. Sirva com o arroz.

Post Relacionado
Carnes

Tender com Laranja, Mel e Frutas Glaçadas

Tender com Laranja, Mel e Frutas Glaçadas
O tender com laranja e mel tem gostinho de tradição:

(10 porções)
Ingredientes:
Para o Tender:

  • 1 tender
  • 30 cravos
  • 1 xícara de mel
  • ½ xícara de suco de laranja
  • 2 colheres de casca de laranja cortada em tiras finas
    Frutas Glaçadas:
  • laranjas descascadas e fatiadas
  • Cerejas frescas
  • Mel com suco de laranja ou calda de laranja, ou geléia de laranja derretida
    Preparo:
    Tender:
    Com uma faca afiada, desenhe pequenos losangos na pele do tender. Espete na ponta de cada losango um cravo.
    Misture o mel, o suco e as cascas de laranja. Use metade da mistura para pincelar o tender.
    Leve ao fogo pré-aquecido por 40 minutos, regando com o restante do molho.
    Junte um pouco de água na assadeira, mexa bem, regue o assado e volte ao forno por mais 15 minutos. Coe o molho da assadeira e sirva à parte em molheira.
    Sirva o tender com as frutas glaçadas.
    Laranjas e Cerejas Glaçadas:
    Descasque e fatie as laranjas, junte com as cerejas e cubra-as com suco, calda, mel ou geléia derretida; leve ao fogo ou ao forno por alguns minutos, corando-as.
Post Relacionado
Churrascos : Namorado e camarões Defumados
22/01/2020
Preparativos para as festas de Final de Ano
21/12/2019
NATAL
21/12/2019
Acompanhamentos

Farofa de Natal

Farofa de Natal
Surpreendentemente saborosa, esta versão com farinha de milho, bacon, passas e nozes vai agradar a todos.
Preparo: até 30 minutos
Rendimento: 12 porções
Ingredientes:
100 g de bacon picado
1 xícara (chá) de manteiga
3 cebolas picadas
1 kg de farinha de milho em flocos
1 xícara (chá) de nozes picadas
1 1/2 xícara (chá) de uvas-passas brancas
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1/2 xícara (chá) de salsinha picada
Preparo:
Em uma panela, doure o bacon em sua própria gordura.
Acrescente a manteiga e ponha a cebola.
Refogue até a cebola ficar macia e transparente, e junte a farinha de milho.
Mexa por 5 minutos e incorpore as nozes, as uvas-passas hidratadas e a pimenta-do-reino.
Cozinhe no fogo baixo, sem parar de mexer com uma colher de pau, até a farofa ficar dourada e crocante. Cuidado para não queimar.
Tempere com o sal e salpique a salsinha.
Dica: hidrate as uvas-passas por 5 minutos em água morna e escorra-as antes de usar.

Post Relacionado
Doces e Sobremesas

Arroz-doce-brulè

Arroz-doce-brulè
Ingredientes
1 xícara de chá de arroz arbório
2 xícaras de chá de água
2 litros de leite
1 xícara de chá de açúcar
1 xícara de chá de creme de leite
2 colheres de sopa de raspas de lima da Pérsia
1 colher de chá de água de flor de laranjeira
Preparo
Coloque o leite e o açúcar em uma panela e leve para aquecer em fogo baixo. Quando estiver bem quente, reserve. Em outra panela, maior e de fundo grosso, coloque a água e leve ao fogo até ferver. Acrescente o arroz sem lavar e vá cozinhando em fogo médio, mexendo sempre, para que não grude no fundo da panela. Adicione 1/3 do leite quente, mexa e abaixe o fogo. À medida que o arroz for secando, acrescente o leite quente restante, até cozinhar o arroz por completo. No final, adicione o creme de leite e afervente por 10 minutos. Retire do fogo e acrescente as casquinhas de lima da Pérsia. Deixe esfriar e junte a água de flor de laranjeira, misturando bem até incorporá-la bem ao arroz. Distribua a mistura em ramequins ou outra louça resistente ao calor. Polvilhe o arroz doce com açúcar e flambe com um maçarico ou com uma colher: esquente as costas da colher na chama do fogão e pouse sobre o açúcar, até que forme uma crosta dourada. Sirva a seguir.

Post Relacionado
CHURRASCOS
22/01/2020
Churrascos : Namorado e camarões Defumados
22/01/2020
Vegetais Variados na Grelha
22/01/2020